Baixe Agora o Service Pack 1 RC do Windows 7 e Windows Server 2008

 SP1_RC
Oi Gente,

Quem estiver interessado em testar o Release Candidate do Service Pack 1 do Windows 7 e Windows Server 2008, clique na imagem acima para registrar-se para fazer o download.

O Service Pack do Windows 7 é uma atualização para usuários finais e profissionais de TI que ajuda a manter os computadores com suporte, fornece aprimoramentos contínuos ao sistema operacional, inclui atualizações anteriores e incrementais, tudo junto em um único pacote. Já o Service Pack do Windows Server 2008 é uma atualização para empresas e profissionais de TI, que além dos updates anteriores e incrementais, fornece os recursos aprimorados, importantes para os clientes que trabalham com virtualização, como o RemoteFX e Memória Dinâmica.

É bom observar que se você já possui a versão beta instalada, tem que primeiramente desinstalar o beta para instalar a versão RC.

O SP1 RC está disponível somente nos idiomas inglês, francês, alemão, japonês e espanhol.

Bons testes! Smiley piscando

Abraço.

Veja os Exames Microsoft que serão Descontinuados em Out/2010 e Mar/2011

image
Oi Gente!

Segue lista com os exames Microsoft que serão descontinuados em 31/10/2010 e 31/03/2011:

31/Outubro/2010 Exame
Designing, Implementing, and Managing Microsoft Systems Management Server 2003 70-089
Planning, Implementing, and Maintaining a Software Asset Management (SAM) Program 70-123
Designing a Microsoft Office Enterprise Project Management (EPM) Solution 74-131
Deploying a Portal Solution with Microsoft SharePoint Products and Technologies 74-132
Customizing Portal Solutions with Microsoft SharePoint Products and Technologies 74-133
Pre-Installing Microsoft Products and Technologies 74-134
Developing E-Business Solutions Using Microsoft BizTalk Server 2004 74-135
Developing Microsoft Office Solutions Using XML with Office Professional Edition 2003 74-137
Planning and Building a Messaging and Collaboration Environment using Microsoft Office System and Microsoft Windows Server 2003 74-138
Deploying Business Desktops with Microsoft Windows Server 2003 and Microsoft Office 2003 74-139
Microsoft Office Live Communications Server 2005 – Implementing, Managing, and Troubleshooting 70-262
Planning, Deploying, and Managing an Enterprise Project Management Solutions 70-281
Implementing Microsoft Internet Security and Acceleration (ISA) Server 2004 70-350
31/Março/2011 Exame
Supporting Users and Troubleshooting a Microsoft Windows XP Operating System 70-271
Supporting Users and Troubleshooting Desktop Applications on a Microsoft Windows XP Operating System 70-272
Implementing and Managing Microsoft Exchange Server 2003 70-284
Designing a Microsoft Exchange Server 2003 Organization 70-285
TS: Microsoft Internet Security and Acceleration Server 2006, Configuring 70-351
TS: Microsoft Windows Mobile 5.0, Implementing and Managing 70-500
TS: Visual Studio 2005 Team Foundation Server 70-510
TS: Microsoft Windows Mobile 5.0 – Application Development 70-540
TS: Visual Studio 2005 Tools for Office 70-543
TS: Microsoft Forefront Client and Server, Configuring 70-557
PRO: Upgrading Your MCDST Certification to MCITP Enterprise Support 70-621
TS: Microsoft Windows SharePoint Services 3.0, Configuring 70-631

Para maiores informações sobre certificações Microsoft, acesse o link: http://tinyurl.com/narrv3

Abraço.

Habilitando o Active Directory Recycle Bin Utilizando o PowerShell

Oi Pessoal,

Conforme abordei no post anterior, vamos agora falar um pouco de um recurso que eu acho fantástico. O Active Directory Recycle Bin. O ADRB, vamos chama-lo assim, é uma ferramenta do Windows Server 2008 R2 que proporciona a habilidade de recuperar objetos previamente excluídos, como faz a lixeira do Windows. Quando temos o Recycle Bin habilitado, já que ele vem desabilitado por padrão, podemos restaurar um objeto com todos os seus atributos intactos. Por exemplo, restaurando um usuário ele voltará para seu grupo original e terá todos os acessos que tinha antes de ser excluído. Excelente, não? 😉

Como já tinha falado anteriormente, o ADRB vem desabilitado por default e só o podemos fazer após elevarmos o nível funcional da floresta para Windows Server 2008 R2. Fique ciente que depois de habilitado o ADRB, não há volta!

Como funciona o ADRB? Vamos lá… Após excluirmos um objeto no Active Directory com o Recycle Bin habilitado, este objeto ficará em estado que chamaremos de “Objeto Excluído”. O objeto ficará neste estado até que o prazo definido expire, então passará para o estado “Objeto Reciclado” até que este prazo expire e o objeto seja fisicamente excluído do sistema. O tempo de vida de um objeto excluído é, por definição, nulo. Isto faz com que se use o valor do estado reciclado que, por definição, também é nulo. Quando o estado reciclado é nulo, usa-se o tempo de 180 dias. Por fim, o tempo total que o objeto (após ser excluído) fica guardado no Recycle Bin é de 180 dias, por definição. Podemos mudar estes valores, mas este assunto para outro post.

Habilitando o Active Directory Recycle Bin:

Para habilitar o Recycle Bin, vamos seguir os passos abaixo.

1. Após certificar-se que sua floresta é um ambiente Windows Server 2008 R2, abra o PowerShell em Start > Administrative Tools > Active Directory Module for Windows PowerShell. Caso ele solicite usuário e senha, os forneça.

image
Figura 1: Nível funcional do domínio.

image
Figura 2: Nível Funcional da Floresta.

image
Figura 3: Active Directory Module for Windows PowerShell.

2. Na tela de comandos do PowerShell, digite o seguinte e pressione Enter depois de cada comando:

· Import-Module ActiveDirectory

· Get-Module

· Get-Command *AD*

Devem-se obter os seguintes resultados:

image
Figura 4: Comandos no PowerShell.

3. Logo após, digite o comando abaixo:

· Get-ADOptionalFeature –Filter {Name –Like “*”}

Verificamos que o Recycle Bin está desabilitado, pois a propriedade EnabledScopes está vazia.

image
Figura 5: Propriedade EnabledScopes desabilitada.

4. Para habilitar o Recycle Bin, digite o comando abaixo, onde XFiles será trocado pelo seu <ADEntity>, que é o nome do seu domínio. Neste exemplo usamos XFiles.Local (notaram que é uma homenagem minha ao excelente seriado ArquivoX).

· Enable-ADOptionalFeature “Recycle Bin Feature” –Scope ForestOrConfigurationSet –Target “XFiles.Local”

image
Figura 6: Comando para habilitar o Recycle Bin.

5. Confirme digitando Y e pressione Enter.

image
Figura 7: Recycle Bin habilitado.

6. Para confirmar que o Recycle Bin foi habilitado, digitaremos novamente o comando do item 3, obtendo o seguinte resultado:

image
Figura 8: Propriedade EnabledScopes.

Observe que a propriedade EnableScopes agora contém informações.

Movendo objetos para o Recycle Bin:

Para nosso exemplo, vamos criar, no Active Directory Users and Computers, os seguintes objetos (caso queira testar os passos, não se esqueça de desabilitar a função Protect from accidental deletion ao criar os objetos! – Vide post anterior): um usuário com nome “Walter Skinner” que estará na Organizational Unit (OU) Empresa > Diretoria > Usuarios. O usuário também estará no grupo Diretoria. O resultado é mostrado na figura abaixo.

image
Figura 9: Grupo Diretoria – Objetos criados no AD.

Após verificarmos os objetos, excluímos o usuário Walter Skinner, o grupo Diretoria, a OU Usuarios e a OU Diretoria. Pretendemos recuperar estes objetos.

Verificando os objetos no Recycle Bin:

Nesta parte vamos verificar se um objeto específico foi excluído.

1. Para visualizar quais objetos estão no Recycle Bin, abra novamente o PowerShell e execute os seguinte comando pressionando Enter logo depois. Em DC, troque para seu domínio, nosso exemplo é XFiles.Local.

· Get-ADObject –SearchBase “CN=Deleted Objects,DC=XFiles,DC=Local” –ldapFilter “(objectClass=*)” –includeDeletedObjects | Format-Table

Obtemos o seguinte resultado, contendo os objetos que excluímos do Active Directory Users and Computers.

image
Figura 10: Tabela com todos os objetos deletados.

2. Para visualizar se um objeto específico se encontra no Recycle Bin, execute o comando abaixo. Neste exemplo, procuraremos o objeto usuário “Walter Skinner”.

· Get-ADObject –Filter {Name –Like “*Walter Skinner*”} –SearchScope Subtree –includeDeletedObjects

Obteremos o seguinte resultado:

image
Figura 11: Lista objeto específico.

Nota: O objeto usuário Walter Skinner possui informações em ObjectGUID. Esta informação deve ser guardada, pois será usada para recuperar o objeto.

Recuperando Objetos Excluídos:

Agora vem a parte mais legal. Descreveremos agora como recuperar os objetos excluídos. Lembre-se de obter o ObjectGUID do objeto que está no Recycle Bin.

1. No PowerShell, execute o comando abaixo e pressione Enter. Em <ObjectGUID> use a informação que obtemos no item anterior para o usuário “Walter Skinner”.

· Restore-ADObject –Identity <objectGUID>

Nosso exemplo resulta em uma falha. Esta falha indica que os objetos-pai do nosso usuário não existem.

image
Figura 12: Erro ao tentar restaurar objeto.

2. Para identificar os objetos pais do usuário, execute o comando abaixo. Este comando nos mostra que o usuário Walter Skinner pertence a um objeto que também foi excluído.

· Get-ADObject –Filter ‘Name –Like “*Walter Skinner*”’ –SearchScope Subtree –includeDeletedObjects –properties lastKnownParent

image
Figura 13: Propriedade LastKnownParent

3. Para finalizar este post, teremos que restaurar os objetos à partir da OU Diretoria, já que é o objeto-pai ao qual pertencem os outros objetos que foram deletados. Para restaurar o objeto OU Diretoria, teremos que primeiramente descobrir a propriedade <ObjectGUID> e depois executar o comando para restaurar. No nosso exemplo, devemos restaurar cada um dos objetos que forem necessários até chegarmos ao objeto Walter Skinner. Notem, na imagem abaixo, que quando executamos o comando para listar, aparecem dois resultados “Diretoria”, sendo que um é uma OU e o outro é um grupo. Teremos que escolher a propriedade da OU, senão o ocorrerá o erro anterior.

image
Figura 14: Listagem dos dois objetos Diretoria.

image
Figura 15: Objeto OU Diretoria restaurado.

image
Figura 16: OU Diretoria restaurada.

Seria interessante que o recurso aceitasse restaurar todos os objetos a partir do objeto-pai, podemos assim dizer. Dependendo da quantidade de objetos aninhados, seria um trabalhão restaurar um por um. Se alguém souber, pode falar que colocarei os devidos créditos. 😉

Ah, já ia esquecendo… Todo o procedimento de recuperação de objetos também pode ser feito usando o ldp.exe.

UPDATE

Hoje eu tive a honra de receber o comentário de um dos influenciadores mais importantes de Fortaleza, Emílio Mansur, informando o comando para recuperação do objeto-pai com todos os objetos-filho. Segue abaixo na íntegra (e no comentário).

“Bem, poderíamos recuperar todos os objetos de EmpresaDiretoriaUsuarios pelo comando

Get-ADObject -SearchBase "CN=Deleted Objects,DC=xfiles,DC=local" -Filter {lastKnownParent -eq "OU=Usuarios,OU=Diretoria,OU=Empresa,DC=xfiles,DC=local"} -IncludeDeletedObjects | Restore-ADObject

Mais comandos em:

http://technet.microsoft.com/en-us/library/dd379509%28WS.10%29.aspx

Saúde e Sucesso,
Mansur”

Obrigado, Mansur!

Dica contra Deleção Acidental de Objetos no AD do Windows Server 2008

Acidentes acontecem, sendo motivadas pela má administração ou “sem querer”, mesmo! Para se prevenir, se faz necessário bastante cuidado e backup atualizado, porém a Microsoft implementou um recurso que pode ajudar a evitar essas situações. O Windows Server 2008 traz o recurso Protect object from accidental deletion.

Para ativar este recurso, tem-se primeiro que ativar os recursos avançados (Advanced Features) do Active Directory para poder ser visualizada a aba Object, mas propriedades do objeto. Clica no menu View > Advanced Features.

clip_image002

Pronto. Agora podemos continuar com o procedimento.

Vamos usar um objeto Grupo que já foi criado no AD e ativar o recurso para teste.

clip_image003

Clicamos duas vezes no objeto e selecionamos a aba Object. Podemos ver que o checkbox do recurso não está ativado. Vamos ativá-la.

clip_image004

clip_image005

Recurso ativado, agora vamos testar se funciona mesmo, né! 😛

clip_image007

clip_image008

Excelente recurso, não é verdade?!

Bom proveito e até a próxima em que abordarei sobre outro recurso fantástico do Windows Server 2008, o Recycle bin do AD.

Inté!

Aberto Processo Seletivo para o Programa MSP

header_msps3

Esta informação é para os alunos/profissionais que desejam se tornar influenciadores Microsoft. O processo de seleção para os MSPs está aberto, depois de um bom tempo parado para reformulações.

À priori, um dos pré-requisitos mais importante é estar estudando um curso de graduação, pós-graduação, mestrado, especialização, ou qualquer outro curso que seja reconhecido pelo MEC.

Segue, abaixo, um resumo do programa:

“A Microsoft trabalha há mais de dez anos em parceria com a comunidade educacional para proporcionar a inclusão digital e social dos cidadãos. A partir de diversos programas sociais e educacionais a Microsoft tem aumentado e aprofundado seu comprometimento com a educação no Brasil.

O trabalho conjunto com a comunicade local, visa promover o uso efetivo das tecnologias de informação e comunicação por meio do acesso às ferramentas tecnológicas e da capacitação para o domínio e sua aplicação no dia-a-dia escolar. O compromisso da Microsoft com a educação baseia-se no desenvolvimento de ferramentas, programas e práticas inovadoras para que educadores, estudantes e comunidades possam se desenvolver e alcançar o seu pleno potencial.

E como parte desse compromisso com a educação, a Microsoft criou o Programa VOLUNTÁRIO MICROSOFT STUDENT PARTNERS (MSP) que tem o intuito de estimular e gerar oportunidades para ESTUDANTES, os quais serão as futuras gerações de desenvolvedores e profissionais de tecnologia.

O Programa MSP, visa estimular e avaliar seus integrantes para que desenvolvam diferentes competências que promovam o seu desenvolvimento em habilidades técnicas, acadêmicas e sociais.

O Programa dá aos seus participantes destaque no meio acadêmico, exposição privilegiada e positiva para a Comunidade Acadêmica (universidades, faculdades, institutos, fundações), para as empresas de TI (patrocinadores e parceiros Microsoft), e para o próprio staff Microsoft.

Chamamos atenção para o fato de que esse NÃO é um Programa de estágio que tem por objetivo futuras contratações internas. E que se trata de um PROGRAMA DE RECONHECIMENTO e não de recompensas.”

Maiores informações e links para a inscrição é só clicar abaixo:

http://tinyurl.com/l2ewfy

Boa sorte!